Trabalhos Aprovados

Amostra isolada de urina para avaliação de proteinúria no Lúpus Eritematoso Sistêmico



Autor(es): Donadio PR; Yamada SS; Barilli E; Borghi FM; Pelissari PH; Marchiotti LBM; Sanches SPM;
Apresentador(a): Paulo Roberto Donadio

Introdução: O Lúpus Eritematoso Sistêmico (LES) é uma doença inflamatória crônica autoimune, cuja etiopatogenia envolve múltiplos genes, fatores hormonais e ambientais. Uma das mais sérias complicações do LES é a nefrite lúpica (NL), sendo definidora de mal prognóstico. A quantificação da proteinúria é um teste de grande valor no acompanhamento da NL, constituindo-se em marcador diagnóstico e de prognóstico, além de ser fundamental para avaliação da resposta clínica ao tratamento. O padrão ouro atual é a determinação da proteinúria na urina de 24 horas (P24h), porém há algumas dificuldades, como aderência do paciente a uma coleta adequada, e o manuseio desse material em laboratórios. Objetivos: Avaliar a possibilidade de utilização da relação proteína/creatinina (P/C) em amostra isolada urinária como alternativa para acompanhamento dos pacientes com NL. Método: Estudo analítico observacional comparando a P/C e P24h de 77 pacientes com LES acompanhados durante o ano de 2019, em um ambulatório especializado de um hospital universitário, sendo 34 pacientes com NL e 43 sem esta manifestação. Resultados: Foi a realizada análise de todo o conjunto de dados de quantificação de P24h em relação à P/C, levando em consideração a totalidade de pacientes participantes do estudo mostrou forte correlação (r 0,8117), assim como nos pacientes sem lesão renal (r 0,7689) e NL (r 0,7969). Para investigar o grau de equivalência de concordância entre os dois métodos, adotamos a interpretação de dois testes: coeficiente de concordância de Lin (CCL) e procedimento de Bland-Altman plot (BAP). Desse modo, com uma estimativa de 0,8006 no CCL, e um viés elevado (90.3376 com intervalo de confiança [-19.2727; 199.9481]) no BAP, verifica-se que não existe concordância entre os procedimentos. Conclusão: A partir destes resultados não é possível a subsituição do teste padrão ouro (P24h), pela razão P/C, devido à baixa concordância, apesar da alta correlação. Desta forma, embora possa ser utilizada a P/C como estimativa da proteinúria, não é possível a substitução do padrão ouro de P24h por P/C durante as avaliações seriadas de acompanhamento terapêutico.

Palavras-chave: Lúpus Eritematoso Sistêmico; Proteinúria; Nefrite lúpica

[voltar]

Fique atento
às datas principais


12

AGOSTO

2020

Terceiro vencimento para inscrições com desconto! Aproveite!

20

AGOSTO

2020

Restam11 dias para que você envie seu resumo!

Trabalhos Científicos

Veja aqui os trabalhos
aprovados.

SAIBA MAIS

Programação Científica

Consulte a programação completa das palestras e cursos disponíveis.

SAIBA MAIS